O treinador do Inter Milão disse hoje esperar uma equipa do Benfica motivada pela “grande vitória” sobre o FC Porto, na segunda jornada do Grupo D da Liga dos Campeões de futebol, após a “derrota inesperada” na estreia.

“[O Benfica] perdeu o primeiro jogo de forma inesperada e, provavelmente, injusta, porque jogou durante muito tempo em inferioridade numérica e, mesmo assim, criou várias oportunidades”, observou Simone Inzaghi, em conferência de imprensa.

O campeão português perdeu por 2-0 na ronda inaugural da prova, na receção ao Salzburgo, num jogo em que atuou desde os 13 minutos em inferioridade numérica devido à expulsão do defesa central António Silva, que, por essa razão, está suspenso para a partida em Milão.

O treinador italiano, de 47 anos, destacou a importância do triunfo alcançado pela equipa lisboeta na sexta-feira sobre o FC Porto, por 1-0, que lhe permitiu ultrapassar o rival portuense e isolar-se no segundo lugar da I Liga, a um ponto de distância do Sporting.

“Chega aqui após uma grande vitória. (...) Vamos encontrar uma equipa que joga com muita intensidade. É muito forte e perdeu apenas um jogo no campeonato, tal como nós”, observou o técnico do líder da Série A, em igualdade pontual com o AC Milan.

Simone Inzaghi recordou os dois encontros entre os dois clubes disputados na época passada, na qual os ‘nerazzurri’ venceram por 2-0, em Lisboa, e empataram 3-3, em Milão, na caminhada que os levou até à final, perdida frente ao Manchester City, por 1-0.

“Fizeram contratações de qualidade. Em relação à temporada passada, mudaram de guarda-redes, jogam com dois médios diferentes e chegou Di María. O avançado também mudou e agora Musa e Cabral alternam na frente, mas os princípios de jogo permanecem os mesmos. É uma excelente equipa”, sustentou.

O vice-campeão também ainda não venceu nesta edição da ‘Champions’, mas o empate 1-1 no estádio da Real Sociedad oferece perspetivas bastante mais animadoras, tal como o histórico com o Benfica, que nunca conseguiu vencer, em cinco partidas com os transalpinos (dois empates e três derrotas).

O treinador do Inter Milão espera que o avançado argentino Lautaro Martínez, autor de quatro golos no triunfo por 4-0 sobre a Salernitana, no sábado, “continue a aproveitar as oportunidades para marcar” e espera poder contar com o defesa colombiano Juan Quadrado, a recuperar de lesão, que qualificou de “um jogador importantíssimo”.

Tal como Simone Inzaghi, o médio turco Hakan Çalhanoglu só pensa em vencer o campeão português, até porque, na época anterior, apenas alinhou durante 15 minutos na segunda partida, devido a lesão: “Amanhã [terça-feira] espero jogar mais”, advertiu.

“O Benfica é uma equipa forte e estou ansioso por defrontá-la. Devemos estar muito atentos a Di María, porque tem muita qualidade e experiência, mas todos os detalhes serão importantes para conquistarmos os três pontos”, defendeu o médio turco, de 29 anos.

O jogo entre Inter Milão e Benfica, da segunda jornada do Grupo D da Liga dos Campeões, tem início agendado para as 20:00 (hora de Lisboa), no Estádio Giuseppe Meazza, em Milão, e será arbitrado pelo neerlandês Danny Makkelie.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.