O FC Porto voltou a bater o Portimonense, agora na 9.ª jornada da I Liga de futebol e somou a terceira vitória seguida da época. Os Dragões ganharam por 2-0, com golos de Otávio e Pepê e mantém-se no segundo posto, a três pontos do líder Benfica, que bateu o Rio Ave por 4-2. Na próxima ronda da I Liga há um FC Porto-Benfica no Dragão.

Foi a 16.ª vitória seguida do FC Porto diante do Portimonense.

Na próxima quarta-feira os Dragões jogam na Alemanha com o Bayer Leverkusen.

Veja as melhores imagens do jogo

A deslocação até Portimão pedia rotatividade já que na quarta-feira os campeões nacionais têm uma importante deslocação a Alemanha para defrontar o Bayer Leverkusen, num jogo crucial para as aspirações da equipa na Champions.  Por isso, Sérgio Conceição mudou as laterais, em relação ao jogo com os farmacêuticos no Dragão, lançando Rodrigo Conceição e Wendel, no encontro que marcou o regresso de Otávio ao Onze. Fábio Cardoso ocupou o posto do lesionado Pepe a central.

Diante de um adversário com quem o FC Porto costuma dar-se bem, como mostravam as 15 vitórias seguidas e nenhuma derrota nos últimos 19 jogos, a equipa de Sérgio Conceição tinha a oportunidade de distanciar-se do SC Braga no segundo lugar.

Uribe foi o primeiro a colocar Nakamura em sentido com um remate que o guardião japonês defendeu para canto, aos 18 minutos. Aos 22, chegou o primeiro. Bola a percorrer todos os corredores, até chegar a área onde Evanilson assistiu Otávio para um remate de pronto, para o 1-0.

O Portimonense tentava travar o ataque do FC Porto mas a mobilidade dos homens da frente dos Dragões iam resolvendo. Evanilson, aos 34, ficou muito perto do golo num remate de fora da área que passou a rasar o poste. Aos 40 foi Taremi a rematar em arco para defesa fantástica de Nakamura, após brilhante jogada ofensiva dos Dragões, com destaque para Pepê.

Do ataque do Portimonense, apenas a reter um remate de Rui Gomes aos 24 minutos na área, que saiu longe do alvo.

'Matar' cedo para gerir a pensar na Champions

Na segunda parte os campeões nacionais marcaram cedo, aos 52 minutos. Perda de bola dos homens de Paulo Sérgio na saída, Taremi ganhou, entrou na área, sentou o guarda-redes e meteu em Pepê que, com muita classe, 'picou' a bola e fez um golaço.

Paulo Sérgio lançou Klismahn, Ricardo Matos e Gonçalo Costa nos lugares de Ewerton, Outtara e Rui Gomes, Galeno ocupou o lugar de Evanilson. Depois entraram Zaidu e Bruno Costa nos postos de Rodrigo Conceição e Wendell.

Apesar das mexidas, o controle do jogo continuava na posse do FC Porto, que podia ter feito o 3-0 aos 64 minutos por Otávio, mas o guarda-redes Nakamura negou o segundo golo ao médio dos azuis e brancos.

Só aos 76 minutos surgiu a primeira grande oportunidade do Portimonense em todo o jogo. Ricardo Matos desvia ao segundo poste, David Carmo falha o corte na pequena área onde estava Cariello a rematar com a coxa à barra, numa perdida incrível.

Uma jogada que fez o Portimonense crescer no jogo, numa altura em que o FC Porto jogava em 4-1-4-1, com Taremi na frente. Os algarvios voltaram a estar perto do golo aos 81 minutos, num lance onde Ricardo Matos deixou em Cariello que atirou forte, para fantástica defesa de Diogo Costa, apesar de o árbitro Manuel Mota ter dado pontapé de baliza e não canto.

Perto dos 90, o FC Porto criou duas boas oportunidades: Otávio combinou com Taremi e mteu-lhe a bola com classe para um remate acrobático do iraniano que terminou nas mãos de Nakamura aos 87; aos 90 é Galeno aparecer isolado perante Nakamura mas a perder no duelo com o japonês, a fazer mais uma bela defesa.

Aos 91 o árbitro marcou penálti por falta sobre Toni Martinez cometida por Gonçalo Costa mas, alertado pelo VAR, reverteu a decisão e marcou falta fora da área.

Destaque ainda para um violento choque entre Grujic e Pepê nos instantes finais, na área portista.

O FC Porto chega aos 22 pontos e mantém perseguição ao líder Benfica, que soma 25. Na próxima jornada há um FC Porto-Benfica no Dragão, depois dos jogos da Champions e da primeira aparição dos dois conjuntos na Taça de Portugal.

Veja o resumo do jogo!

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.