A terça-feira de Liga dos Campeões ficou marcada pela vitória do FC Porto diante do Shakhtar na Alemanha e no domínio dos favoritos, mas também por algo raro: um golo de guarda-redes.

Aconteceu no Lázio-Atlético Madrid, naquele que já é um dos grandes momentos da história da prova.

Os italianos perdiam no Olímpico de Roma com os colchoneros, após um golo de Pablo Barrios no primeiro tempo, mas lograram chegar ao empate aos 90+4 minutos, com um golo do... guarda-redes. Na sequência de um canto, Ivan Provedel foi até a área contrária tentar a sua sorte e conseguiu mesmo marcar, num belo golpe de cabeça, a levar os adeptos locais à loucura.

De recordar que esta foi a quarta vez na história da Liga dos Campeões (formato atual) que um guarda-redes marcou um golo na fase de grupos. No entanto foi o segundo a faze-lo sem ser de grande penalidade. O antigo guardião do Bayer Leverkusen, Hans-Jörg Butt (passou pelo Benfica) marcou três de grande penalidade, Enyeama também marcou de penalti.

O primeiro a marcar na sequência de uma bola parada foi o guarda-redes turco Sinan Bolat, que em Portugal representou o FC Porto.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.